Curso Intensivo MPSP

CURSO INTENSIVO MPSP - 2017 (ONLINE)

70% Dos Aprovados no MPDFT: Alunos CP Iuris. 42% Dos aprovados no MPPR: Alunos CP Iuris. 33% Dos aprovados no MPGO: Alunos CP Iuris
 
 
O CURSO:
Trata-se de um curso intensivo voltado exclusivamente para o concurso do Ministério Público do Estado de São Paulo - MPSP.

MÉTODO:

O curso observará a seguinte sistemática, em ritmo realmente forte:

- Total: 53 aulas;

- Aula inaugural ministrada pelo prof. Daniel Carvalho, aprovado em 1º lugar no concurso para Promotor de Justiça do MPDFT, sobre como estudar para concursos - duração: 50min.

- Aula sobre análise das últimas provas do MPSP, abordando os temas com maior incidência, bem como traçar a melhor estratégia para ser seguida na reta final de preparação - Prof. Daniel Carvalho - duração: 50min

- 49 aulas de 1h40min sobre os principais temas cobrados nas provas (segunda a sábado);

- 07 provas de primeira fase (1 prova a cada sábado). As provas serão de concursos anteriores para Ministério Público Estadual;

- 8ª prova inédita, elaborada pelos professores do CP IURIS, ao final do curso;

- 02 aulas de análise das teses institucionais e entendimentos do MPSP (50 min cada).

- Ranking semanal dos alunos (divulgação individual da classificação do aluno, resguardando seu sigilo);

- Central de dúvidas à disposição dos alunos, com prazo de resposta de até 48 horas;

- Bibliografia completa indicada.

- Material em pdf das seguintes disciplinas: direito constitucional, penal, processual penal, civil, processual civil, administrativo, empresarial, eleitoral, consumidor, leis penais especiais, humanos e ambiental.

OBJETIVO:

Preparar o aluno para que, seguindo à risca o roteiro do curso, esteja ele, no dia da prova de primeira fase, preparado para ser aprovado no concurso do Ministério Público do Estado de SP.

HORÁRIO:

A critério do aluno. As aulas permanecerão disponíveis na plataforma de videoaula do CP Iuris, limitada a dois acessos por aula. Será disponibilizada uma nova aula por dia, conforme estabelecido no cronograma do curso.

 

DISTRIBUIÇÃO DAS AULAS:

MPSP2017

Quantidade de aulas

Estratégias para a primeira fase e Análise de Banca

2

Constitucional

6

Administrativo

5

Improbidade administrativa

1

Direito Civil

Parte geral = 2; obrigações e contratos = 1; reais = 1; resp. civil = 1; família = 1; sucessões = 1. TOTAL: 7

Direito Processual Civil

6

Processo coletivo

2

Estatuto da pessoa com deficiência e Estatuto do idoso

1

Direito Penal

5

Leis penais especiais

1

Direito Empresarial

2

Direito Processual Penal

6

Direito do Consumidor

1

Direito da Criança e do Adolescente

2

Direito Eleitoral

1

Direito Ambiental

1

Direito à saúde

1

Legislação do MP

1

Teses institucionais do MPSP

2

TOTAL

53 AULAS

 
 
CORPO DOCENTE

DIREITO CONSTITUCIONAL


SAMUEL SALES FONTELES. Promotor de Justiça no Ministério Público de Rondônia (aprovado em 1º lugar). Aprovado no último concurso para Promotor de Justiça no Ministério Público de Goiás (aprovado em 1º lugar); Ex-Defensor Público; Autor de obras jurídicas (Editora Juspodivm); Autor de artigos jurídicos publicados em Revistas Especializadas; Professor de Direito Constitucional em cursos preparatórios para concurso público; Membro da Comissão de Juristas da VII Jornada de Direito Civil (Comissão de Parte Geral), realizada pelo Conselho da Justiça Federal; Membro da Comissão de Estudos, formada pela CONAMP, para análise do Anteprojeto do Novo Código de Processo Penal; Parecerista convidado da Revista Jurídica da Procuradoria- Geral do Distrito Federal; Mestrando em Direito Constitucional pelo Instituto Brasiliense de Direito Público – IDP.

DIREITO ADMINISTRATIVO E IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

DENIS FRANÇA
. Advogado da União. Ex-professor temporário do Departamento de Direito Público da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Professor de cursos preparatórios para concursos públicos. Bacharel em Direito e Especialista em Ciências Penais pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

DIREITO PENAL E DIREITO ELEITORAL

SAMER AGI
. Tornou-se Juiz de Direito Substituto da Justiça do Distrito Federal aos 25 anos, tendo logrado êxito no concurso em 3º lugar (deixou de ocupar o 1º lugar apenas na fase de títulos), tendo sido o primeiro lugar da prova oral e tendo alcançado nota 9,88 na prova de sentença penal. Antes de ser juiz, foi Delegado da Polícia Civil do Estado de Goiás.

DIREITO PROCESSUAL PENAL

LORENA ALVES OCAMPOS
. Tornou-se Juíza de Direito Substituta da Justiça do Distrito Federal – TJDFT aos 26 anos (6º lugar), alcançando a maior nota na prova de sentença penal (8,47). Foi aprovada, entre outros, nos concursos para os cargos de Técnica Judiciária do Ministério Público da União e Analista Judiciária do Superior Tribunal de Justiça. Antes de ser juíza, foi Técnica Judiciária e Analista Judiciária do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (2010-2014), exercendo a função de Oficial de Gabinete por 4 anos. Pós-graduada em Direito e Contemporaneidade pela União Pioneira de Integração Social - UPIS (DF) em convênio com a Escola da Magistratura.

DIREITO CIVIL/INFORMATIVOS (PARTE GERAL, OBRIGAÇÕES ECONTRATOS)

ROBERTA QUEIROZ
. Graduada em Direito pela Universidade Católica de Brasília e Especialista em Direito Processual Civil pela Universidade do Sul de Santa Catarina. Mestranda em Direito pela Universidade Católica de Brasília, com enfoque em direito público. Advogada atuante na área de direito privado e direito administrativo e professora com larga experiência em cursos preparatórios para concursos.

DIREITO CIVIL/INFORMATIVOS (DIREITO DAS COISAS,RESPONSABILIDADE CIVIL, FAMÍLIAS E SUCESSÕES)

RAQUEL BUENO.
 Formada em Direito pela Universidade Católica de Brasília, Especialista em Direito Civil e Processo Civil pela Universidade Cândido Mendes-RJ, Mestranda em Direito na Universidade Católica de Brasília, professora de Direito Civil da graduação da Universidade Católica de Brasília e IESB, da pós graduação em Direito Civil da UniEvangélica de Anápolis-GO e professora com larga experiência em cursos preparatórios para concurso, onde ministra as disciplinas de Direito Civil e Direito Processual Civil.

DIREITO PROCESSUAL CIVIL/INFORMATIVOS, DIREITO COLETIVO, DIREITO À SAÚDE, ESTATUTOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA E ESTATUTO DO IDOSO

JAYLTON JACKSON DE FREITAS LOPES JUNIOR
. Juiz de Direito Substituto da Justiça do Distrito Federal – TJDFT (aprovado em 4º lugar). Professor de técnicas de sentença cível do CPIURIS. Autor do livro Sentença Cível Descomplicada – técnicas de construção e esquemas de estruturação e coautor do livro #VouSerJuiz - 480 Questões objetivas comentadas, ambos pela editora CPIURIS. Aprovado nos concursos para os cargos de Analista Judiciária – área execução de mandados do TJDFT, Promotor de Justiça do MPTO e Promotor de Justiça do MPRO. Foi aprovado e classificado para a prova oral do concurso para Juiz de Direito Substituto do Estado do Rio Grande do Norte, tendo desistido de prestar a referida prova em razão de ter sido empossado no cargo de Juiz de Direito Substituto do TJDFT.

DIREITO AMBIENTAL

RAFAEL SANTOS DE CARVALHO ROCHA.
 Promotor de Justiça do MPBA. Pós-graduado em Direito Público, Direito Constitucional, Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho na Universidade Anhanguera UNIDERP/Rede de Ensino LFG. Foi técnico judiciário do TJBA (2006); Técnico judiciário do TRF da 5ª região (2007); Agente de Polícia Civil do Estado de Pernambuco (2008); Agente Federal de Execução Penal (2009); Delegado de Polícia Civil do Estado da Bahia (2013); Procurador Federal (2013).

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

RODRIGO DE OLIVEIRA MACHADO.
 Promotor de Justiça Adjunto do MPDF (aprovado em 9º lugar). Aprovado nos concursos de Promotor de Justiça do MPRR (6º lugar) e Analista Judiciário do TJDFT (2º lugar). Foi advogado orientador do Núcleo de Assistência Jurídica do Centro Universitário de Brasília – Uniceub. Pós-graduação em “A ordem jurídica e o Ministério Público” e “Direitos indisponíveis”. Autor das obras “Aplicação da Lei Maria da Penha a homens vítima de violência doméstica” e “A Natureza da Ordem dos Advogados do Brasil, ambas pela editora Sal da Terra”.

DIREITO DO CONSUMIDOR

JOÃO GABRIEL RIBEIRO PEREIRA SILVA.
 Juiz de Direito Substituto da Justiça do Distrito Federal – TJDFT. Foi advogado da União. Aprovado no concurso para Procurador da República (MPF).

ESTRATÉGIA PARA CONCURSOS, DIREITO EMPRESARIAL E LEIS PENAIS ESPECIAIS

DANIEL PINHEIRO DE CARVALHO.
 foi aprovado em 1º lugar para Promotor de Justiça do MPDFT, cargo que exerce atualmente. Foi assessor de Ministro do STF e tornou-se Advogado da União aos 23 anos, no mesmo ano de sua colação de grau (2009). Ainda durante a graduação em Direito na Universidade de Brasília – UNB, obteve o 1º lugar no concurso para o cargo de Analista Judiciário do Superior Tribunal de Justiça (2008), e foi aprovado, entre outros, nos concursos, nos concursos para os cargos de Analista Processual do Ministério Público da União (2007) e Analista Judiciário do TJDFT (2008). Co-autor dos livros de questões comentadas #VouSerJuiz, Ed. CP Iuris e do Exame da OAB – 1ª Fase, da editora Vestcon de 2010, e autor de diversos artigos.
 
TESES INSTITUCIONAIS DO MPSP
 
LEOPOLDO MARTINS MOREIRA NETO. Aprovado nos concursos para Juiz Substituto do TJPB (CESPE - 2016) e do TJSE (FCC - 2017 - 8º lugar, sendo o 2º lugar da prova oral). Também possui aprovações em concursos de Procuradoria Municipal e Analista. Idealizador do perfil “Magistratura Estadual em Foco”. Formado pela FAESA - Faculdades Integradas Espírito-Santenses. Pós Graduado em Direito Tributário pelo IBET.
 
LEGISLAÇÃO DO MP
 
ANDRÉ ALISSON. Aprovado para promotor de justiça do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e para defensor público do Ceará, André atualmente é analista judiciário no Supremo Tribunal Federal (STF), lotado no gabinete do ministro Teori Zavascki e aprovado quando ainda estava no oitavo semestre do curso de direito. Também obteve aprovação para oficial de justiça nos Tribunais Regionais Federais (TRFs) da 1ª e da 5ª Regiões, para técnico judiciário do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e para agente administrativo da Polícia Federal, cargo para o qual foi nomeado aos 18 anos de idade.


 
 

Valor do Investimento:

R$ 1.990,00, à vista

Forma de Pagamento:

PagSeguro à vista, podendo ser parcelado diretamente com o PagSeguro, nos termos e condições propostos por esse serviço financeiro, que não possui vinculação com o CP Iuris.

ATENÇÃO! Para se inscrever neste curso, é necessário possuir um cadastro. Se você já é cadastrado, clique no botão Já sou cadastrado. Se você não é cadastrado, clique no botão Desejo me cadastrar. Qualquer dúvida, entre em contato conosco.