Prova Oral TJRS

Curso Preparatório para a Prova Oral do TJRS

15 alunos CP IURIS preparados para a prova oral do TJPR. Entre os 5 primeiros, 4 eram alunos CP IURIS, inclusive a primeira colocada.

7 alunos CP IURIS preparados para a prova oral do MPDFT. Entre os 5 primeiros, 3 eram alunos CP IURIS, inclusive o primeiro colocado.

Início do curso: 19 de julho de 2017

1ª Etapa (3 vídeo-aulas online)

- Aula com análise dos membros da banca examinadora.

- Palestra sobre a prova oral do concurso para juiz de direito substituto do TJRS, com a Juíza do TJRS Fernanda Spenner.

- Aula com técnicas específicas para provas orais de concursos para a magistratura, com orientações acerca da gestão do tempo, da capacidade de articulação do raciocínio, da estruturação das respostas, das reações em eventuais momentos de pressão ou de não conhecimento da resposta, de como conter a ansiedade, se portar e gesticular durante a prova, do que não fazer em suas respostas, etc.

2ª Etapa (encontros individuais iniciais por Skype ou presenciais em Brasília, a critério do aluno)

- Cada aluno passará por 2 encontros individuais, sendo um com o professor Daniel Carvalho e outro com a professora Fabiana Perillo, com 1 hora-aula de duração cada. Durante os encontros, serão realizadas rodadas de simulação de arguições orais, cada uma com o objetivo de trabalhar potencialidades específicas. O objetivo dos encontros é trabalhar de modo personalizado as principais necessidades observadas nos alunos, por meio da indicação de técnicas específicas para solucioná-las.

- Em cada um dos encontros, haverá avaliação de um dos professores, sendo analisados o uso do vernáculo, a gestão do tempo de resposta, sua capacidade de articulação e de estruturação das respostas, suas reações em momentos de dúvida ou de tensão e sua postura perante o examinador, entre outros. Diante de cada feedback, o aluno será instruído sobre como proceder durante o exame.

- Os encontros serão agendados em datas compatíveis com a disponibilidade do aluno e dos professores.

3ª Etapa (simulado individual final por Skype ou presencial em Brasília, a critério do aluno)

- O aluno será submetido a um simulado que busca retratar o dia da prova. Na data do simulado final, o candidato deverá estar trajado com a vestimenta que utilizará no dia da prova. Ao final, o aluno recebe os feedbacks sobre seu desempenho, sua evolução ao longo do curso e lhe dão as últimas orientações. 

- Caso realizado presencialmente em Brasília, o simulado final será aberto ao público interessado em assistir e o aluno deverá chegar com quarenta minutos de antecedência ao horário marcado para sua avaliação, mas não poderá o aluno assistir às arguições dos outros alunos antes de ser arguido. Após seu exame, ao aluno é franqueado assistir aos que lhe sucederem.

- Os encontros serão agendados em datas compatíveis com a disponibilidade do aluno e dos professores.

CORPO DOCENTE

FABIANA PERILLO é tabeliã no Distrito Federal e foi aprovada em 1º lugar no último concurso para cartórios extrajudiciais do DF em 2015, tendo obtido nota 9,90 na prova oral. Ex-juíza de direito substituta do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), tendo sido aprovada em 5º  lugar. Anteriormente, ocupou os cargos de procuradora do Banco Central (1º lugar no concurso) e de analista do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ficando em 8º lugar no respectivo concurso. Foi também aprovada nos concursos da Defensoria Pública e da Procuradoria-Geral do Distrito Federal.

DANIEL PINHEIRO DE CARVALHO foi aprovado em 1º lugar (com as maiores notas na prova discursiva e na oral) no 31º Concurso para Promotor de Justiça do MPDFT, cargo que exerce atualmente. Anteriormente, foi assessor de Ministro do STF e tornou-se Advogado da União aos 23 anos, no mesmo ano de sua colação de grau (2009). Ainda durante a graduação em Direito na Universidade de Brasília – UnB, obteve o 1º lugar no concurso para o cargo de Analista Judiciário do Superior Tribunal de Justiça (2008), e foi aprovado, entre outros, nos concursos para os cargos de Analista Processual do Ministério Público da União (2007) e Analista Judiciário do TJDFT (2008). Co-autor dos livros de questões comentadas #VouSerJuiz e #VouSerJuiz2, da ed. CP Iuris, e do Exame da OAB – 1ª Fase, da editora Vestcon, de 2010, e autor de diversos artigos.

DEPOIMENTOS

ÚRSULA BOENG (1º lugar na prova oral do TJPR 2015). Com certeza o curso me ajudou bastante. Agradeço muito pelo trabalho realizado com vocês. As entrevistas abordam pontos individuais, o que ajuda muito, e a simulação final permite ter uma ideia mais real do dia da prova e de como se preparar.

LUCIANA FARIA (aprovada no concurso de juiz substituto do TJMG): "...então, veio a preparação para a prova oral. Eu também nunca havia feito uma prova oral. Fiquei aflita novamente e, claro, contratei o CP Iuris. Foi sensacional. Os simulados são muito parecidos com a prova real e as técnicas ensinadas são muito efetivas, o que nos ajuda a ganhar confiança. O resultado disso foi minha aprovação! E, de novo, obtive uma nota que eu nunca imaginei obter. Fiquei muito feliz".

MATEUS CARVALHO (aprovado no concurso de cartório do TJPR) Aproveito para solicitar a gentileza de repassar aos professores meus sinceros agradecimentos pela atenção, pela cordialidade e pelo excelente curso ministrado em Curitiba. Todos os alunos, sem exceção, elogiaram a postura, o conhecimento e a didática dos professores, e todos aqueles que, como eu, já passaram pela prova oral, concordamos que o curso e as simulações foram fundamentais para a realização da prova. Independentemente dos resultados em si (os quais, em tese, serão divulgados pelo Tribunal em setembro), foi muito proveitosa para todos a experiência. Tanto é assim que já divulguei o curso para diversos colegas de variadas áreas!

SUZIEL DA SILVA (aprovado no concurso de cartório da BA, com nota 10) Quero agradecer primeiramente a Deus, pois Ele é tudo e Nele está a razão de tudo. Confesso que não conhecia o curso CP Iuris, mas um dia a minha esposa, preocupada como seria o meu desempenho na prova oral da Bahia, me apresentou o curso que havia conhecido na internet. No início relutei, pois achava que não precisaria, mas aos poucos me convenci de que seria sim necessário. E é engraçado como Deus coloca algumas pessoas decisivas no nosso caminho. Na verdade ele coloca anjos para nos guiar. Um desses foi a professora Fabiana Perillo, uma verdadeira Mestra no conhecimento jurídico e na oratória. No primeiro dia me lembro que estava inseguro e cheio de manias. Mas logo, com as orientações certeiras da professora Fabiana fui me encontrando e melhorando a cada dia. Muitos me perguntam como eu consegui tirar 10 nessa prova oral de Tabelião. A resposta é só uma: Deus esteve comigo no dia prova, e, antes disso, me enviou uma pessoa extremamente capacitada para me orientar. Simples assim. Por isso, meus sinceros agradecimentos mais uma vez a Deus, às minhas filhas e esposa amadas, e, também, a querida professora e mestra Fabiana Perillo.

*corpo docente sujeito à alteração

Valor do Investimento

O valor do curso Prova Oral TJRS 2017 é de R$ 1.550,00 (à vista).

Forma de Pagamento

O curso pode ser pago à vista ou de forma parcelada, em ambos os casos diretamente com o PagSeguro, nos termos e condições propostos por esse serviço financeiro, que não possui vinculação com o CP Iuris.

ATENÇÃO! Para se inscrever neste curso, é necessário possuir um cadastro. Se você já é cadastrado, clique no botão Já sou cadastrado. Se você não é cadastrado, clique no botão Desejo me cadastrar. Qualquer dúvida, entre em contato conosco.